23 de ago de 2013

Minha música predileta


oI MEUS LEITORES QUERIDOS!
Então, quanto à votação, estão liberados alguns outros assuntos no blog (eeh), mas eu nunca vou fugir do meu propósito principal, as minhas críticas. Gosto muito de bolar todas elas, mas às vezes me surge uma vontade e uma inspiração para escrever, mas eu não posso jogar isso fora. Ouvi dizer que se as palavras escritas não são compartilhadas, as mesmas morrem. Então por que não compartilhar com meus leitores queridos?  

Mudando de assunto, quero ir logo ao post. Este é um de meus primeiros textos e espero que vocês sejam sinceros quanto aos comentários. De acordo com minha amiga, se eu conseguisse prolongar meus textinhos, conseguiria fazer um livro que venderia muito bem. Porém não sei se acredito nela (amiguinha puxa saco -q) e quero as respostas de vocês!


Espero que gostem!


Minha Música Predileta
Tudo começou no instante em que elas se tocaram. Só de sentir sua mão se aproximando da minha, meu coração começou a bater mais forte. Acelerou tanto que acho que já poderia ser escutado, pelo menos eu estava ouvindo. Aquele tum-tum na minha cabeça, que a cada momento ficava mais forte. Não sei exatamente o que estava sentindo, uma mistura de sentimentos e sensações tomou conta de mim.
Acho que ele percebeu que nossas mãos se encostaram, porque começou a fazer carinho nela com seu polegar. Achei aquilo tão fofo. No mesmo instante levei um choque, era realmente um choque! Sentia como se uma corrente elétrica tivesse passado por dentro do meu corpo.
Depois de uns cinco segundos, de repente, nossos olhares se encontraram. Consegui finalmente compreender seu olhar, uma coisa que tinha se tornado impossível nos últimos dias. Ele passava direto por mim e nem me cumprimentava, mas eu fingia não ligar. Confesso que aquilo tinha sido uma tortura, não conseguia passar um dia sem ouvir aquela voz doce e ver de perto aquele lindo e contagiante sorriso.
Não sabia se alguma coisa tinha acontecido, se algum problema o estava incomodando. Ele não queria falar. Até que ontem, ouvi um barulhinho de mensagem, vindo do celular. Não fazia a mínima ideia de quem seria. Por um momento pensei que fosse minha amiga, querendo me encontrar o algo do tipo. Mas uma surpresa aconteceu; era ele!
Sim, ele me contou porque não falava comigo e nem com mais ninguém. – pensava que só não conversava comigo, pois o via todos os dias sentado perto de seus amigos e conversando, mas sempre com uma carinha triste – Era somente um problema de família, mas ele me explicou que consegui resolvê-lo. Fiquei preocupada, porém ele me disse que não era nada demais. Então acreditei. Mas o que realmente interessa, é o agora.
De repente, sua mão foi subindo pelo meu braço e eu a acompanhei com o olhar, ele fez o mesmo. Enquanto ela ia subindo em direção à minha nuca, aproximei minha cadeira à dele e nos pegamos novamente em uma troca intensa de olhares. Nossas bocas por fim se encostaram e tudo aconteceu. Acho que foi a melhor coisa que já me aconteceu, me senti flutuando naquele momento. Me senti incrível!
Era praticamente impossível prestar atenção em outra coisa durante o beijo, mas consegui ouvir a música que tocava ao fundo. Não reparei antes que ele tinha ligado seu iPod. A música estava bem baixa, mas conseguia ouvi-la perfeitamente, a ponto de entendê-la.  Aquela música retratava tudo o que eu sentia naquele momento, (pelo menos com a música, acho que consegui finalmente entender tudo o que sentia e o que sinto) tudo o que passei para finalmente conseguir aquele beijo. Portanto, aquela se tornou a melhor música de todas.

Bem, é isso. Me digam o que acharam! Comentem!
Kissus!

8 comentários:

  1. Esse texto resumiu um breve momento da minha vida em uma das frases apenas, eu acho que estou In Love com seu texto, se você publicar algum livro, garota eu compro ele na hora! ^~
    Beeijos ;*

    hunter-of-dreams-and-smiles.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hauauh' essa foi minha intenção, muito obrigada linda! Se eu publicar te aviso u.u

      Excluir
  2. Estou em momento "in love" quem é que quando escutar umas músicas não fica assim, esse texto é uma mera verdade.

    Beijos System Tough

    ResponderExcluir
  3. Amei o texto ..
    Simplesmente resumiu o que estou passando agora ..
    Super lindo :')

    http://soubibliofila.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que isso aconteceu, realmente essa foi a minha intenção heuhe' s2

      Excluir
  4. Nossa que texto bonito...
    Gostei, mas só por curiosidade, isso é algo que vc viveu, ou que gostaria de viver??
    acervo-de-livros.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada <3 sinceramente eu ainda não vivi, mas ainda quero que esse momento faça parte da minha vida.

      Excluir